Receba novidades - cadastre seu E-MAIL

sábado, 26 de julho de 2014

Belas Artes, Artes Plásticas e Artes Visuais

“Belas Artes, Artes Plásticas e Artes Visuais”


Belas Artes – É o tipo de ensino acadêmico que vigorou no século XIX, baseado no modelo clássico de origem greco-romano que inspirou o surgimento de diversas Academias de Arte na Itália, em outros países da Europa e, depois, na França de Napoleão que marca a origem desse ensino no Brasil. No passado, fazer arte era,  de um lado, a aproximação com os mestres clássicos do Renascimento italiano como Rafael, Michelangelo e Botticelli, por exemplo, por outro uma tentativa de criar um aparato técnico intelectual que tirasse a arte do contexto do mero artesanato.

Desde a época da Grécia antiga, o belo foi sempre um valor artístico de referência para a arte de tradição clássica e, falar em Belas Artes lembra, portanto, de beleza, seguido por outros termos como: o bonito, o agradável, o harmônico, o gracioso etc. Sendo assim, falar em Belas Artes faz-nos falar em tradição clássica, em academia e recuperação de valores que, nem sempre, fazem o perfil da arte contemporânea.


Artes Plásticas - É a arte que depende de manipulação, da ação manual exercida sobre um dado material que seja capaz de transformá-lo em substância expressiva dando-lhe forma e sentido. Logo, todos os materiais que suportem intervenção a ponto de assumirem novas formas e relações podem ser chamados de materiais plásticos. Podemos compreender sob o termo Artes Plásticas, os modos de expressão que tenham como base de trabalho a superfície (ambiente bidimensional) e o volume (ambiente tridimensional), sendo que na superfície podemos falar em expressão gráfica incluindo o desenho, gravura e de expressão pictórica, a pintura; quanto ao volume, podemos falar das poéticas que operam no espaço circundante por meio dos volumes como a modelagem, a escultura ou montagens.

Um aspecto importante para o entendimento do que é Plástico, é compreender que o exercício pragmático da criação depende também do domínio de habilidades motoras para o manuseio de certos instrumentos e ferramentas na relação com os materiais e suportes. Nos trabalhos em superfície, como por exemplo, no desenho, há que se dominar o uso do lápis ou da caneta; na pintura, há que se dominar o uso dos pincéis e das tintas; na gravura dos instrumentos de corte e incisão para gravar matrizes em madeira (xilogravura); no metal (gravura em metal) ou na pedra (litogravura), além da necessidade de conhecer os meios de impressão. Nos trabalhos em volume há que se dominar habilidades, técnicas, instrumentos e ferramentas para a modelagem e o corte na escultura propriamente dita.  


As Artes Visuais passam a incorporar diferentes poéticas, tanto aquelas que pertenciam ao contexto das Artes Plásticas, quanto as novas imagens originadas dos aparelhos como: máquinas fotográficas, máquinas cinematográficas e suas decorrências eletro-eletrônicas como o vídeo e os sistemas digitais de produção de imagens fixas ou em movimento e computadores.
            
O conceito de Arte Visual pode abarcar o conceito de Arte Plástica, no entanto, o conceito de Arte Plástica, não pode abarcar o de Arte Visual.
Fonte: www.artevisualensino.com.br (Isaac Antonio Camargo)


Modalidades das Artes Plásticas

1)  Desenho



2) Recorte e Colagem


3) Pintura



4) Bi e Tridimensão



5) Impressão


Obs: Texto publicado no site da Acrilex - www.acrilex.com.br - link "Educadores" - Edição 05

Ivete Raffa
Arte educadora e Pedagoga
Cursos e Livros para professores

Nenhum comentário:

Postar um comentário