Receba novidades - cadastre seu E-MAIL

domingo, 31 de janeiro de 2016

Artes Plásticas - Modalidade 04 - Bi e Trimensão

Bi e Tridimensão



Desde que o ser humano começou a desenhar, procurou representar na superfície a realidade que ele via no espaço. Na pré-história, os homens primitivos representaram objetos e animais do seu entorno de forma chapada (plana), porém, em vista da dificuldade de expressar as figuras tridimensionais, faziam contorno para separá-las do restante do desenho com o objetivo de realçar cada parte.

Os erros na representação tridimensional perduraram até a primeira metade do século XV, quando foram estabelecidos princípios matemáticos objetivos que unificaram a forma como todo artista e arquiteto vê o espaço. Começaram então, a desenhar com perspectiva.




As duas dimensões são comprimento e largura. Estas em conjunto estabelecem uma superfície plana, sobre a qual podem ser dispostas marcas visíveis planas que não tem profundidade, podem ser figurativas ou abstratas. É uma criação humana. O desenho, a pintura, a impressão, o tingimento ou mesmo a escrita são atividades que levam diretamente a formação do mundo bidimensional.

Vivemos, de fato, em um mundo tridimensional. O que vemos à nossa frente não é uma imagem plana, tendo somente comprimento e largura, mas um espaço com profundidade física, a terceira dimensão. Qualquer objeto pequeno, leve e próximo pode ser pego e girado em nossas mãos. Cada vez que o movimentamos, percebemos um formato diferente porque a relação dele com nossos olhos foi modificada. É na mente humana que o mundo tridimensional ganha o seu significado.

Dimensão – É a porção de espaço ocupada por um elemento.



Bidimensão – Uma pintura ou desenho é considerado bidimensional porque ocupa duas dimensões no espaço, isto é, altura e largura.


"Gato" - Romero Britto - Bi dimensional (largura x altura)

Tridimensão – As esculturas, modelagens e construções apresentam três dimensões: altura, largura e profundidade.

"Gato" - Romero Britto - Tridimensional (largura x altura x profundidade)

Tridimensão ilusória - O desenho em perspectiva, apesar de estar sobre uma base bidimensional (largura x altura), aparenta que é tridimensional (largura x altura x profundidade). Podemos dizer que é uma representação tridimensional ilusória. Isto acontece porque é criado um ou dois pontos de fuga e todas as linhas do desenho partem desses pontos. O que está mais próximo dos nossos olhos ficará maior e, a medida que os elementos vão ficando próximos do ponto de fuga, vão ficando cada vez menores.


Exemplo: Desenho em perspectiva (Representação tridimensional com pontos de fuga)


Exemplo: Uma obra de arte – “Café do terraço em Arles– Van Gogh - 1888

Triângulo / Pirâmide

Mondrian - Retângulo / Construção tridimensional

Fonte:  Artes Plásticas – Primeiros Passos – Autoras: Ivete Raffa e Márcia Regina da Silva – Editora Rideel

Aviso:  Na próxima edição será abordada a modalidade “Pintura”.

Obs: Este texto foi postado no site da Acrilex - www.acrilex.com.br - Edição 17.

Ivete Raffa
Arte educadora e pedagoga


Nenhum comentário:

Postar um comentário